Lilypie Fifth Birthday tickers

Lilypie Fifth Birthday tickers

Wednesday, November 21, 2007

Ensinar a amar

Os portugueses são muito pessimistas e por norma com uma auto-estima muito em baixo. Pode até dizer-se que muitas pessoas simplesmente não têm auto-estima.Porquê? porque somos assim? porque somos tristes? Eternos fadistas...
Na minha humilde opinião hoje em dia é certo que as pessoas andam tristes porque a situação do pais está má e como se diz "a vida está dificil" mas sinceramente muitos de nós não têm auto-estima desde cedo porque essa auto-estima é completamente destruida por quem nos rodeia.
Somos educados a ouvir "a vida é dificil", "tem de se batalhar muito por tudo", "pára de sonhar", "não se pode ter tudo"...ouvimos constantemente que não somos capazes disto e daquilo...isto desde tenra idade. Começa tudo, porque somos crianças indefesas, a hiper protecção, ou por outro lado a falta de amor, ou nos querem proteger (ás vezes por demais) ou as crianças andam por aí sem ter contas a dar a ninguém, sem regras, sem perguntas. Onde está o meio termo?
Em primeiro lugar existe muito medo em mostrar sentimentos, não se diz amo-te, as familias não conversam, os pais não dão exemplos aos filhos, não mostram que se amam a si próprios e um ao outro. Para que os nossos filhos aprendão a gostar de si próprios, acreditem em si e tenham auto-estima, a meu ver, o mais importante não é deixá-los a chorar até adormecerem para aprenderem a estar sozinhos (simplesmente não acredito nisto!), não é proibi-los de vir para a nossa cama, não é ensinar tudo e mais alguma coisa desde cedo, como inglês, dança, piano e sei lá mais o quê mas sim mostrar. Sim! mostrar! passar a imagem! É eles verem em nós uma imagem positiva. É eles verem que nós gostamos de nós e somos felizes! que não vivemos a arrastar-nos pelos dias. É eles verem que os pais se amam sem problemas nem complexos.
Eu não quero que a minha filha faça as coisas porque é melhor assim ou assado mas porque é o que ela quer, o que ela gosta.
A vida dá muitas voltas e aprendi a gostar de mim porque aceitei-me e aceitei aquilo que gosto e amo. Desisti de sonhos, desisti do que queria verdadeiramente da minha vida para agradar aos outros e fui por outro caminho, mas agora nunca mais vou desistir e é isso que quero ensinar a minha filha, porque só assim podemos ser felizes e amar verdadeiramente os outros e a vida.

Depois desta seca....ihihihihihih....a minha pipoca saltitona já está melhor, o nascimento dos dentes ainda lhe dá muita raivinha mas já está muito bem disposta e saltitona novamente.
beijinhos grandes

7 comments:

Carla said...

Olá!

Gostei de ler o teu relato do parto no babyblogs e gostaria de o ver publicado no forum Coisas de Bebé (http://coisasdebebe.com/forum/). Temos uma secção com "relatos de um parto" e gostavamos de a enriquecer com a tua experiência.
Para tal, basta registares-te e colocares o teu relato nesta secção: http://coisasdebebe.com/forum/index.php?board=26.0

Desde já agradeço a tua colaboração.

Carla (administradora do Coisas de Bebe) e Beatriz (26m)

PatLeal said...

É mesmo chato qd estão doentes :(.
Mas Graças a Deus as coisas vão melhorar.


Jocas grandes

Cristina said...

Concordo com tudo o que escreves!!!
Tenho tantas saudades das nossas conversas...

Bjs

Sandra e Afonso said...

Muito profundo!
Concordo com tudo o que dizes!
Concordo que muita gente viva só para se mostrar à sociedade, e que aqueles pilares de valores que devem ser mostrados e transmitidos, esses não os têm.
Boa Pipoca! Salta muito que isso é sinal de saúde!
Beijinhos,

Sandra e Afonso
www.bebeafonsinho.blogspot.com

Tété & Xavier said...

Exactamente Raquel e concordo plenamente contigo!!!
Aceitando quem somos e o que a vida nos dá aprendemos a ser mais felizes ao invés de estarmos sempre à espera do que poderia ter sido...
Ainda bem que a Laura está melhor.
Beijocas para as duas ;-)

Violeta said...

Boa Boa!

Violeta said...

Boa Boa!