Lilypie Fifth Birthday tickers

Lilypie Fifth Birthday tickers

Wednesday, March 23, 2011

Mãe em stress - post longo

Quando os nosso filhos não estão bem nós também não estamos, seja o que for que eles tenham. Quando percebemos que é uma coisa que poderá ser um bocadinho mais grave ficamos como eu estou - com o coração do tamanho de uma ervilha até as coisas estarem resolvidas.
Vou começar pelo inicio:
Aqui há uns meses comecei a notar que a pipoca andava a falar mais alto que o normal e sempre a pedir para aumentarmos o volume da tv quando via os bonecos. No principio pensei que até poderia ser distração e falta de concentração mas depois, de noite quando lhe lia a história ao deitar muitas vezes pedia-me para ler mais alto porque não estava a ouvir. Fiquei um pouco alarmada e falei nisso á médica de familia que mandou fazer um timpanograma e audiograma.
Na altura fiquei doente e foi o papá fazer estes exames com a pipoca. Quando levantámos os exames, como eu não aguento, abri e li o relatório que falava em perda de audição ligeira num ouvido e moderada no outro. O meu coração encolheu e fiquei em stress completo!
A médica encaminhou para uma consulta otorrino no hospital e lá fomos a semana passada. O médico examinou-a e com uma especie de pinça tirou muita cera dos ouvidos que em vez de sair estava lá dentro. Disse-nos que ela tinha uma otite serosa crónica, que significa mais ou menos que tem um liquido dentro do timpano que está a fazer com que perca audição. Isto é causado pelo tamanho dos adnoides, ou seja, precisa de ser operada aos ouvidos e remover os adnoides e vamos ver se as amigdalas escapam.
Depois disto o médico ainda mandou fazer outro timpanograma na hora e voltou a dar o mesmo resultado. Ele ainda passou um tratamento mas disse-nos logo que neste caso só operando e antes de entrar na primária porque com o tempo vai piorando. Passou as análises e perguntou a nossa disponibilidade para se fazer a operação? Eu fiquei de boca aberta " o quê? já ! assim?"
Saímos do hospital e como é obvio marquei logo consulta com outro otorrino com boas referências para pedir uma 2ª opinião. Preciso de ter a certeza que isto é o que tem de ser feito, para todos os efeitos é uma anestesia geral e ela só tem 4 anos !
Para a semana é a consulta (que marquei no hospital privado - Cuf - já que temos seguro) e depois se este médico for da mesma opinião é a decisão: onde operar? no publico onde fui á 1ª consulta ou no privado onde posso estar com ela e temos como é obvio outro atendimento?

Ando com o coração apertado e sei que só vai melhorar quando ela ficar bem e tudo estiver resolvido :(

7 comments:

PatLeal said...

Oh, pá que treta. Olha sempre fui mto bem tratada na cuf descobertas e as vezes q fui as urgências com o João Tb.
Espero q seja rápido e que melhore depresa!

Bjocas

Mami ( Sónia ) said...

Oh minha querida imagino perfeitamente a tua aflição. Fazes muito bem em falar com outro médico para teres outra opinião sobre o assunto. Afinal é uma operação.
Se tiver de ser operada se calhar é melhor mesmo que seja já, assim fica logo resolvido e não piora não ´?
Publico ou privado, só tu podes dizer. No privado tens outro conforto, mas o publico também é muito bom.
Beijos grandes se precisares estou por aqui.

Maria Pereira said...

Realmente imagino que o teo coração de mãe esteja pequenino, pequenino com a aflição. As escolhas q tens de fazer se o próximo médico achar que é para operar, só tu mesma as podes fazer, depense de tanta coisa... Seja onde for o importante é que a tua menina fique bem e olha, tenho uma amiga minha q fez uma operação ao menino dela de 7 anos, penso q idêntica à tua e correu tudo mt bem, foi simples, fico 2 ou 3 dias em casa, com uns tubinhos nos ouvidos e ficou tudo bem, felizmente

Bjs e dp conta a opinião do outro médico

Violet said...

Oh amiga que grande chatice! Tadinha da Pipoca e dos papás! Esses exames q ela fez, tb a Petra irá fazer, pq tb tenho algumas dúvidas qt a audição dela! Qt ao público/privado, apenas te posso dizer que ambos os partos foram na Cuf Descobertas, e a P. já lá esteve internda devido a pneumonia, e não tenho absolutamente nada de negativo a apontar! São muito cuidadosos e atenciosos e os pais podem estar 100% do tempo com os filhos!
Se precisares de alguma coisa diz!
Beijinho grande!

Sandra e Dinis said...

Puxa, nem sei o que te diga, mas fazes bem em ouvir uma 2ª opinião e se for o caso e que seja operada para que o problema se resolva, de facto o privado é outra coisa ainda por cima com seguro eu nem hesitava e fazia pelo privado.

Tb ando a notar que o meu anda a perguntar muitas vezes ãh!, diz outra vez, e ele foi um menino com muitas otites , vou esperar mais um pouco e logo vejo se é preciso ir ao otorrino.

PS: O vasquinho da Ana Pimentel vai ser operado no publico.

bjs

© ●•TéTé £ XαVιєя•● said...

Òh Raquel, nem imagino como anda o teu coração mas, hoje em dia, essa cirurgia é “fácil” e eles recuperam bem! Pensa que, ainda sendo uma cirurgia, é algo que tem que ser feito para que a L. tenha qualidade de vida.

O problema maior, a meu ver, foi que tudo aconteceu rápido demais, sem que tivesses tempo para digerir a situação, mas sabes que o tempo irá ajudar-te a que vejas a situação com mais calma e clareza, ainda que sofras na mesma… mãe é assim mesmo :o/

Da tua questão, apesar de ser uma decisão só tua e do N., no teu lugar, optaria pelo privado, se o médico me transmitisse segurança, obviamente. Infelizmente, bons e maus profissionais há em todo o lado mas não pensaria duas vezes.

Depois dá notícias sobre a consulta com o otorrino…

Beijos
Tété & Xavier

Sandra C. said...

Olá Kel!
Daqui vai a minha foça para ti, deves andar com o coraçãozinho bem apertadinho, claro está!!
Quanto à tua dúvida, se tens seguro, eu optaria pela Cuf, o Vicente já lá esteve internado e correr sempre tudo bem...
Acho que o Vicente tambem não se vai safar da operação daui a uns tempos...

Jokas e muita, muita força!!
Sandra C.